Dicas de autores de suspense

SuspensePara muitos, férias significa diversão, saídas, amigos, sol, praia, piscina, mar e assim por diante, porém ainda tem pessoas que incluem nesta lista uma boa leitura e um bom filme. Por este motivo recopilei algumas sugestões em diversos gêneros de livros para as tão sonhadas FÉRIAS. Separei por autores e estilos para escolher qual combina mais com o seu gosto. Começarei com os livros de suspense, quem não gosto de uma boa trama que prende a atenção do leitor do começo ao fim?

Sidney Sheldon

Quem tem medo do escuroQuem não conhece este autor? Ele é considerado o escritor mais traduzido do mundo, pelo Guiness, mais de 300 milhões de cópias vendidas, distribuídos em aproximadamente 180 países. Sheldon trabalhou como roteirista televisivo, cinematográfico e teatral. Um dos objetivos ao escrever seus livros era fazer com que os leitores não pudessem largá-los. “Construí-los de um jeito que o leitor termina um capítulo e tem que ler mais um”. Outro ponto que contribuía em sua obra, era que o autor acreditava não poder enganar o leitor, por isto, todos os lugares descritos nos livros, Sheldon os tinha visitado.

Uma recomendação dos livros do autor está “Quem tem medo do escuro?” que trata sobre quatro vítimas que parecem estar interligadas. Uma em Berlim, outra em Paris, uma em Denver e por último em Nova York. O que elas tem em comum? Kingsley International Group, uma empresa de pesquisa de alta tecnologia, envolvida em estratégia militar, telecomunicações e questões ambientais. Este livro representa o retorno de Sheldon à ativa e às listas de mais vendidos.

Outro exemplo de uma boa história e trama criada pelo autor é “O céu está caindo” queconta a história da família Winthrop muito rica e que sempre ajudou ao próximo, porém, cada membro acaba morto. Quando a jornalista Dana Evans precisa divulgar a morte do último sobrevivente, ela começa a investigar sobre estas tragédias. Outro livro que surpreende e faz com que o leitor chegue até as últimas páginas o quanto antes.

Nora Roberts

Nudez MortalAlém dos inúmeros romances que escreveu, Roberts criou uma série de livros na linha de suspense futurístico, sob o pseudônimo J.D. Robb. Eve Dallas, a personagem principal, é uma policial do departamento de homicídios de 2058, que desvenda mistérios inimagináveis. O primeiro livro da série se chama Nudez Mortal” e hoje já chegaram a 19 livros a serem lançados da série. Uma mistura de suspense, investigação e romance é capaz de cativar diversos tipos de leitores, mesmo que seja voltado ao público adulto. Segundo Stephen King, “tanto faz se ela escreve como J.D. Robb ou como ela mesma, eu a amo de qualquer jeito. Ela é uma mulher que simplesmente não consegue escrever uma história ruim. (…) Se você ainda não leu nada da Série Mortal, não perca tempo.” Faço dele as minhas palavras, não me lembro de algum livro desta autora que tenha sido ruim. Consegue criar bem os personagens, envolver o leitor na história e no final desvendar todos os mistérios que envolvia os personagens de uma maneira criativa.

Mary Higgins Clark

Livro 5Uma autora que já comentei no site e que conquista a cada dia mais fãs. Ela que é considerada a “rainha do suspense” já vendeu mais de 70 milhões de exemplares em todo o mundo, sendo traduzidos em diversos idiomas. Inclusive, chegou a ganhar o Grand Prix de Littèrature, na França. Algumas recomendações desta autora: “Na rua em que você mora”, “Lembranças de outra vida”, “Alguém espia nas trevas” e “A filhinha do papai”. Para saber um pouco mais sobre a autora, leia meu texto anterior.

John Grisham

O juriUm autor que escreve suspenses relacionados ao ramo de advocacia, com grandes casos e personagens, já teve muitos de seus livros transformados em filmes. Ele, um ex-político e advogado aposentado, escreveu seu primeiro livro “Tempo de Matar”, em 1989, produzindo em 1996 o filme. Uma história de tirar o fôlego que tratava sobre um tema polêmico, o racismo, as diversidades de culturas e a diferença no tratamento das pessoas diante o tribunal.

“O Dossiê Pelicano, um filme conhecido e interpretado por Julia Roberts, terceiro livro lançado e segundo filme a ser criado. Em todos os filmes, Grisham ajudou a produzir ou fez o roteiro. “O Júri, uma história incrível, em que você fica perdido tentando entender o que aconteceu. Personagens complexos, em busca de uma causa comum, que até o final você não compreende. Como é possível um jurado conseguir manipular os outros para conseguir o que quer? Um veredicto: quem pagar mais leva. Até que ponto vale a pena pagar para finalmente vencer uma causa?

Estas foram as primeiras recomendações. A próxima etapa será livros de romance e drama. Fiquem ligados.

E quem tiver mais sugestões coloquem nos comentários abaixo e vamos difundir esta grande arte que é a literatura.

Anaisa Lejambre

Jornalista – Reg. Profissional: 8112/PR

Anúncios

4 Respostas

  1. Não sabia que o Sheldon é o mais traduzido. Legal, o post, Aninha! Beijo!

    1. Fico feliz que tenha gostado, estou preparando as minhas próximas sugestões. Beijos.

  2. Desses autores só a Mary Higgins que ainda não li. Adoro todos. E concordo sobre a Nora Roberts, ela é uma das minhas autoras preferidas.

    1. Então precisamos corrigir isto, emprestarei algum livro desta autora, vale a pena ler. E tenho que certeza que gostará.
      O interessante da Nora Roberts que ela escreve tanto romance quanto suspense. E diga-se de passagem, muito bem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: