Como recuperar uma memória roubada?

Roubada 2O que você faria se encontrasse uma jovem boiando em uma praia? Imagine se você saísse com seu cachorro só para passear e a visse quase sem vida? E se você fosse a garota encontrada e não lembrasse de nada, o que sentiria? Como faria para lembrar-se de um passado que você nem sabe se vale a pena lembrá-lo? Ou será que é melhor nem recuperar as lembranças?

Estas perguntas são feitas durante a leitura do livro “Roubada” de Lesley Pearse, lançado no Brasil em 2011. Um livro policial que esteve na lista dos mais vendidos na Europa e nos Estados Unidos. Segundo a autora da obra, ela busca escrever sobre assuntos que retratam temas da realidade.

Lesley PearseA história gira em torno de Lotte, uma belíssima garota que é encontrada na praia por David que só tinha saído para passear com o seu cachorro. De repente, ela acorda num hospital, sem lembrar-se do seu nome ou do que a levou até lá. A identidade da protagonista é revelada, quando a esteticista Dale e seu amigo, personal trainer, vêm a fotografia publicada no jornal. Os três foram grandes amigos durante um ano, num cruzeiro em que trabalharam. Neste período, muitas coisas aconteceram na vida de Lotte. Depois, aparece um casal de gays, amigos de Lotte há anos. Porém, todos estes amigos não falavam com ela há bastante tempo. Aos poucos, seus amigos tentam ajudá-la. Quando fragmentos de lembranças aparecem pouco a pouco, tem uma descoberta que a faz querer se lembrar de tudo o quanto antes. Algo que a preocupa muito, porém, que ela nem fazia ideia que existia. A maior pergunta é quem fez isto a ela? Ou melhor, quem pode fazer tudo isto a alguém?

O título representa bem o livro, porque a protagonista foi Roubada de muitas maneiras. Roubaram a vida dela, desde a infância, começa pela família e termina com pessoas que ela acreditava que pudesse contar. Claro que não posso comentar a fundo isto, só lendo para descobrir. Mas o livro é um thriller muito bem feito e o leitor quer saber logo o final da história. Com mais de 5 milhões de cópias vendidos, caiu no gosto do público.

PR04-NC-roubada_capa.inddLesley Pearse é uma grande romancista inglesa e já foi traduzida há mais de 30 idiomas. Em Portugal, o livro “Nunca me Esqueças” virou um grande sucesso. Outro livro conhecido foi “Trust Me” que foi baseado em uma história real, de crianças que são enviadas a Austrália no pós-guerra. Duas irmãs que são enviadas ao orfanato e depois a Austrália, um livro que a autora admite tratar um pouco da sua infância.

Em uma entrevista concedida ao O globo, ela afirma que busca contar fatos que podem ser associados com a realidade, não livros de ficção com temas como vampiros, magia. Não que ela seja contra isto, apenas acha que os dois tipos são muito importante para as pessoas. Entrar numa história e criar um mundo novo, ou vivenciar fatos que realmente podem acontecer.

Pearse teve uma infância trágica, quem sabe isto tenha contribuído para o estilo de livros que escreve. Ela tinha 3 anos quando perdeu a mãe e passou de orfanato em orfanato junto com o irmão durante mais três anos, até o pai se casar com uma mulher terrível. Os anos incertos que ela viveu com o irmão, contribuíram para começar escrever livros que representem o problema de quando tem perdas muito fortes durante a infância. Um tema recorrente em suas histórias.

BellePara comprovar isto, a própria personagem principal deste livro teve perdas grandes em sua infância. E problemas sérios com os pais, mesmo que não reclame da infância que teve, ela busca ser uma pessoa melhor. O interessante também é a construção que faz do personagem, porque no inicio o leitor pode achar que Lotte é uma Barbie, patricinha que sempre teve tudo, mas na verdade, ela prova ser uma guerreira e que ela vê o mundo de maneira diferente, porque acredita que sempre tem algo melhor, não importa o que aconteça. O problema que a cada dia o mundo prova não ser um lugar bom para ela, que não se pode confiar nas pessoas a sua volta, mesmo assim ela luta para que esta crença não desapareça. Os diversos temas tratados no livro mostra que nada é o que parece. Que tudo pode acontecer.

A autora fez tanto sucesso com este livro que já está em segunda edição e também lançou o ano passado outro livro aqui no Brasil, “Belle”.

Anaisa Lejambre

Jornalista – Reg. Profissional: 8112/PR

3 Respostas

  1. Conheci a autora com a leitura de Belle. A narrativa excelente nos prende ao texto e parar a leitura é quase impossível. Gostei muito da resenha deste outro livro, com certeza vai entrar na minha lista de leituras.

    1. Eu vou começar o livro “Belle” e fico feliz que tenha gostado, mais um motivo para eu lê-lo. Apesar que depois da leitura de “Roubada” eu realmente queria ler este outro livro. Obrigada pelo comentário.

  2. […] Este é o terceiro livro publicado por Pearse no Brasil, com uma maneira interessante de escrever, conquista a cada dia mais fãs. “Roubada” foi seu primeiro lançamento no país e para quem quiser saber mais sobre a autora e o livro, acesse o texto antigo de Página, Câmera e AÇÃO. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: