Sempre apaixonada pelo cara errado

capa1Que mulher nunca sonhou em encontrar o príncipe encantado? E qual delas não pensou: por que eu só gosto de cara errado? Todas já passaram por isto alguma vez na vida, Laura Conrado resolveu transformar esta ideia que todos conhecemos em um livro. A mesma escritora de “Freud, me tira dessa!”, ganhou dois prêmios o ano passado: Prêmio Jovem Brasileiro como destaque na Literatura e também foi eleito o melhor chick-it nacional, pelo voto do público no Destaques Literários 2012.

Nesta nova história a protagonista é Priscila, uma garota que tem tudo para ficar com alguém legal, mas infelizmente, só encontra com os caras errados. Qual será o problema? De nada adianta acordar cedo para se arrumar, fazer escova, mostrar-se divertida, ser uma pessoa pacífica e armar mil situações com as amigas para se aproximar dos caras, se eles não dão a mínima para ela.  No divã, Priscila descobre que o problema pode não ser os caras, mas sim ela mesma. Por este motivo começa um processo de mudança na forma de encarar a própria vida, livre de mágoas e de contos de fadas.

Laura autografandoMuitas se identificarão com esta história. E tudo começou porque fãs mais jovens lhe escreveram afirmando serem iguais a Catarina, protagonista do livro anterior, a diferença era a idade, porque as fãs tinham em torno de 14 anos. Com este mesmo intuito uma adolescente lhe pediu para escrever uma história com uma personagem da idade dela. Por este motivo Conrado busca o público mais infanto-juvenil.

O livro já está chegando às prateleiras das livrarias, fiquem atentas para adentrar em um mundo que muitas de nós já conhecemos e vivenciar uma experiência ao lado de Priscila. Este é o primeiro livro da série e cada história terá uma protagonista diferente. As amigas: Ana Luiza, Júlia, Priscila e Rafaela é que passarão por diversas situações para encontrar o cara certo ou melhor, deixar de se apaixonar pelo cara errado. E claro que Freud, o pai da Psicanálise buscará ajudá-las a entender um pouco porque isto acontece e como podem sair destas situações.

E daqui alguns dias Página, Câmera e AÇÃO publicará uma resenha sobre o livro “Freud, me tira dessa!” com direito a um vídeo exclusivo com a autora que participou do clube do livro, das Livrarias Curitiba, no último final de semana. Ela que veio de Belo Horizonte especialmente para o evento feito pela blogueira Gabriela Wegner, de 15 anos.

Anaisa Lejambre

Jornalista – Reg. Profissional: 8112 / PR

2 Respostas

  1. Quem não passou por isso? Gostei da sua abordagem e da autora também, se preocupar com uma idade difícil que é a adolescência. Bj

    1. Obrigada. Gostei bastante do livro “Freud, me tira dessa”, por isto irei preparar um texto interessante para publicar junto com o vídeo da autora. Fique atenta. Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: