Um amor inesquecível

A_Walk_to_Remember_62708_MediumMuitos sonham com um amor sincero e inocente, viver uma grande paixão. Durante a adolescência quando sofremos por um amor, sabemos que tem a vida toda pela frente, mas será que este amor juvenil é esquecido completamente? Quem sabe o lembraremos com saudades e vontade de voltar no tempo. Este grande sentimento foi vivido por Landon e Jamie, no filme e livro “Um amor para recordar”. Para quem gosta de um bom romance, deve ter lido ou assistido o filme.

A história foi criada pelo grande e conhecido escritor Nicholas Sparks. Ele que é responsável por livros que muitas vezes servem como base para filmes: “O diário de uma paixão”, “A última música”, “Um Porto Seguro” e tantos outros que marcaram a indústria Sparkscinematográfica. O enredo do filme se passa em plenos anos 90, em que Landon Carter (Shane West) é punido por ter feito uma brincadeira de mal gosto em sua escola. Qual é esta punição? Ele fica encarregado de participar de uma peça teatral, em limpar a escola, em ensinar crianças e com estas pequenas tarefas, ele acaba se aproximando de Jamie Sullivan (Mandy Moore), uma jovem estudante pobre de sua escola e filha do pastor da cidade. Todos a conhecem, mas ninguém parece se importar com ela. Landon é o popular da escola que tem vergonha no inicio de sua amizade com Jamie de ser visto ao lado da jovem.

Como ele nunca atuou antes, tem dificuldades em decorar as falas, por este motivo pede ajuda a Jamie. A única regra que ela impõe: “Não se apaixone por mim”. Na hora ele ri e diz que não será problemas, mas com o tempo esta promessa se torna cada vez mais difícil cumprir.  Uma história inocente, em que ambos aprenderão o que é amar e terão a oportunidade de amadurecer. Este é um ponto que sempre se encontra nas histórias de Sparks, o amadurecimento. Todos os personagens adquirem isto no decorrer de suas vidas, eles possuem altos e baixos e por meio de um fato importante, surge um romance para ensiná-los a viver. Neste caso, uma doença capaz de uni-los mais e aproveitarem cada instante de suas vidas juntos.

Filme e livroMas claro que tem muitas diferenças com o livro, começando pelo fato de a história se passar nos anos 50 e a aproximação deles acontece com o baile de ex-alunos da escola, em que Landon não tinha companhia e resolveu convidar Jamie. Apesar de ela ter aceitado, também o faz prometer não se apaixonar por ela. A peça de natal, também os torna próximos. No filme aparece o fascínio de Jamie com o telescópio e como Landon trabalha duro para construir um especial a ela, coisa que não é nem mencionado no livro. São muitas as diferenças de ambos, porém que os tornam únicos. É difícil fazer uma adaptação, porque o roteirista tem que pegar a essência do livro e transformá-la em um longa-metragem e neste caso deu certo, a essência só é mostrada de uma forma diferente.

O interessante é que história é contada pelo próprio Landon, como ele guarda em sua memória cada momento que viveu naquele ano ao lado de Jamie, por tudo o que ele passou e como a amou cada segundo de sua vida. Uma história de tirar o fôlego do público, além de fazê-los chorar muito com o desenrolar deste romance. Ele foi lançado em 1999, sendo um dos primeiros romances escritos pelo o autor.

Cena 1O filme foi produzido 3 anos depois, tendo gasto em torno de US$ 11 milhões. Muitas coisas do cenário foi reaproveitado da série da Tv americana Dawson’s Creek. Moore e West se destacaram em suas atuações e ela levou o prêmio de melhor revelação feminina no MTV Movie Awards. A produção arrecadou US$ 41 milhões, mas acredito que se tivessem lançado nestes últimos anos, teria conseguido um maior número de ingressos vendidos.

O responsável pela direção foi o coreógrafo, produtor e diretor Adam Shankman, que 8 anos depois, estaria a frente da produção de “A última música” baseado no livro do mesmo autor. Acho que ele gostou das histórias de Sparks transformando mais uma em filme.

Cena Jamie e Landon 2Com certeza tanto o livro  “Um amor para recordar” como o filme são emocionantes, um enredo que demonstra amor, compaixão, luta pela vida, carinho. Um casal que conquistou o público e vale a pena conhecer esta história de duas pessoas completamente opostas que se unem e vivem um romance como muitos não conhecem a vida inteira.

Uma frase que Landon diz resume um pouco esta linda história de amor: “Jamie salvou a minha vida. Ela me ensinou tudo… sobre a vida, esperança, e a jornada a seguir. Sempre terei saudade dela. Mas o nosso amor é como o vento, não posso vê-lo, mas posso senti-lo.”

O trailer do filme segue abaixo:

E o videoclipe da música Cry com Mandy Moore:

Anaisa Lejambre

Jornalista – Reg. Profissional: 8112 / PR

2 Respostas

  1. O livro todo e um verdadeiro poema ….e, sua alma de cronista o torna mais sentimental ainda com seus comentários.Se eu fosse escritora daria tudo para estar em seu blog sendo focada porque você consegue despertar em todos a vontade de ler a obra comentada ou ate voltar a curtir cada parágrafo da mesma.

  2. Lindo filme, linda história e uma bela trilha sonora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: