Introdução a um mundo mágico

O exterminador do futuro 2

Hasta la vista baby! – Que cinéfilo não conhece esta famosa frase de “O exterminador do futuro”? Uma de tantas que ficaram para a história cinematográfica.

Eu e o paiPara mim, ela representa um sonho. Isto mesmo, eu me imagino ao lado do meu pai novamente, assistindo-o atentamente e me aventurando com os dois primeiros filmes da série. O nosso ciborgue predileto Arnold Schwarzenegger lutaria na continuação e conquistaria a amizade do jovem que faria a diferença no futuro.

Hoje é um dia especial para todos os pais, um momento entre tantos para demonstrarmos o nosso carinho e amor por eles. Ao invés de citar livros e filmes das relações entre pais e filhos, contarei sobre a minha relação com o cinema e a paixão pela sétima arte que dividi com o meu pai .

Não me lembro de uma conversa que tive com o meu pai sem comentar algo sobre algum filme, ator ou diretor. Ele foi tão apaixonado pela ficção que passou para todos os filhos este vicio. Como a maior parte dos homens, ele adorava o gênero de Lois e Clarkação e aventura, porém era eclético, bastava ser um filme e ele parava para assisti-lo ou descobrir qual era o nome.

Desde pequena, eu via as fitas que meu pai gravava em uma estante improvisada. A sua coleção, chegou a ter mais de 250 longas-metragens que eram catalogados por cores e números. Imagine um universo enorme de histórias fantásticas? E uma pequena criança olhando para cima e deliciando-se com os diversos filmes.

Amarelo 5, esta era a fita que eu mais assistia quando criança: “Convenção das bruxas”. Ele gravou especialmente para mim. Eu assistia tanto, que nem precisava buscar em seu caderno para saber onde estava, qual era a cor ou número. Os episódios da série “Lois e Clark: As novas aventuras do Superman” foram gravados também por minha causa, já que o horário que passava era muito tarde. São muitas as lembranças e com o tempo eu fui aprendendo um pouco sobre esta arte 007que mobiliza milhões de fãs ao redor do mundo. E se hoje tenho um blog sobre filmes é graças a todos os ensinamentos que ele me passou e todos os momentos que compartilhamos sobre cinema. Uma pena, ele não ter podido ler meus textos e ver o quanto aprendi ao lado dele. O mesmo acontece sobre os livros, se não fosse pela minha mãe ter me incentivado e me mostrado a importância do livro, quem sabe não teria descoberto este grande mundo e falaria sobre ele aos meus leitores, amigos e familiares.

Mas claro que meu pai tinha alguns que ele mais apreciava, como a saga de 007, com grandes atores e histórias cheias de mistérios e aventuras. Fã destes filmes, sempre pensou que Sean Connery foi um dos melhores e Pierce Brosnan também teve seu impacto nesta grande história.

Duro de matarMuitos foram os filmes que marcaram minha infância, adolescência e a vida adulta ao lado deste meu mentor, amigo, companheiro e pai. “Duro de matar” sem sombra de dúvidas foi um dos prediletos dele. Eu e minhas irmãs, quando fomos ver o último, nos lembramos dele, por dois motivos: Por ele gostar muito e não ter podido vê-lo, mas também por o compararmos fisicamente com o Bruce Willis, ao menos ele não tinha cabelo igual ao ator. Brincadeiras a parte, nos emocionamos ao pensarmos nele enquanto o assistíamos.

Entretanto não é só este tipo de filmes que ele gostava. “Cartas para Julieta”, quem me apresentou a esta história foi ele. Cartas para JulietaUma comédia romântica com Amanda Seyfried, um filme light, bonitinho e que conquista a atenção do início ao fim. Um romance de séculos, sendo recontado de uma maneira divertida e diferente, tudo o que precisamos para nos esquecermos um pouco do mundo. Além deste, lembro-me de todas as vezes que assisti com ele as “10 coisas que odeio em você”, outra comédia romântica que ficou marcada por anos pelos jovens. Acho que eu o apresentei este filme.

Com o meu pai, aprendi o que é cinema e adquiri um gosto especial. Desde filmes de super-heróis, com muita ação e diversão, até suspenses, romances, dramas, menos terror, este ele não gostava, mas eu confesso que adoro desde pequena. Tínhamos nossas opiniões formadas e nem sempre concordávamos um com outro, mas quando um de nós recomendava 382293_2467440998698_540026892_num filme, valia a pena pararmos para assisti-lo. Sempre foi assim, uma simplicidade e uma relação sincera. Muitos foram os ensinamentos e isto é o que fica, o que aprendi, o que apreciei ao lado dele, as boas lembranças, os momentos felizes e as risadas gostosas, até mesmo das piadas sem graça.

Neste dia, não devemos lembrar-nos só de filmes que contam uma relação de pai e filhos que desconhecemos. E sim, o que nos conecta aos nossos pais, o que temos em comum com eles e marcarmos presença em suas vidas. Não é a penas um dia que fará diferença, mas sim todos aqueles em que você o procura, pergunta como ele está, liga para ele só para escutá-lo. Aproveite cada instante e o abrace bem forte, não se esqueçam de dizer o quanto o ama, pois a verdade, é que não sabemos como será o amanhã e nunca é tarde para dizer a alguém que o amamos. Como o livro “Tudo aquilo que nunca fui dito”, de Marc Levy, que conta a história de uma filha que perde o pai, sendo que sua relação com ele nunca tinha sido boa. Devemos aproveitar cada instante ao lado deles.

Desejo a todos um feliz dia dos pais, em especial ao meu padrasto que é meu segundo pai, a meu padrinho e ao meu avô que infelizmente se foram. E claro que também ao meu pai que não está mais aqui entre nós, mas que me lembro dele em cada filme, história e aventura que vivencio com novos personagens. Assim, ele sempre ficará comigo, não importa onde eu esteja.

Dvds em casa 3

Anaisa Lejambre

Jornalista – Reg. Profissional: 8112/PR

 

 

 

Anúncios

2 Respostas

  1. Bela homenagem ao seu pai.

  2. pq vc fez isso comigo Ana? sad mas bonito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: